Letícia Genesini
15 de dezembro de 2015

Eu gosto de comida. Muito. Mais do que quase tudo. Mas quando eu digo “comida”, estou falando de comida mesmo. O resto eu passo. Se você é como eu, precisa ir na Enoteca Saint VinSaint. Um lugar feito por amantes por comida para outros apaixonados.

Uma casinha roxa na Vila Olímpia (ou Itaim, ou Vila Nova Conceição, vocês decidem), com um letreiro adornado escrito “Bistrô”. Quem não conhece nem suspeita que lá tem um dos melhores restaurantes de São Paulo. Eu mesma que frequento a região passei lá literalmente centenas de vezes, até que um dia (ainda bem) por recomendações (obrigada, Djulye!) eu entrei. Dentro que se descobre a enoteca: uma pequena sala com apenas 30 lugares e cheia de personalidade.

Ao som de um violão espanhol: garrafas de vinho, livros (sobre vinho, claro), velas e candelabros cheios de ceras, e cadeiras todas diferentes das outras. Este lugar cheio de autenticidade é criação de Lis Cereja, gastrônoma, nutricionista, sommèlier e escritora (de livros de vinho, lógico). Junto com o marido, o sommèlier Ramatis Russo, ela administra a Enoteca, além de liderar a cozinha e assinar o cardápio.

12388311_10153234376334249_1180571206_n

O cardápio em si é difícil de descrever, porque ele é sazonal. Usando ingredientes orgânicos (inclusive muitos dos vinhos da lista), ele muda conforme as estações. E pra quem ainda não se convenceu da saudabilidade dos orgânicos, convença-se pelo gosto, é inegável. O ponto alto são as carnes, sempre preparadas em fogo lento — é um lugar ótimo para levar os amigos que ainda acham que gordura não é saudável —, e lógico, os vinhos, já que a Enoteca possui um longo catálogo com rótulos de 50 a 500reais. E até na bebida o produtor local leva preferência. A primeira página da carta de vinhos é dedicada aos brasileiros, com um bem-humorado recado que nos lembra que é sempre bom provar o fruto do nosso próprio quintal.

12395546_10153234376329249_1612849446_n

Um prato que parece nunca sair é o risoto Boeuf Bourguignon, mas nós acabamos experimentando a costela acompanhada de feijão e farinha com bacon, e o cordeiro com tzatziki (pratos em torno de 60reais). Impecável. Simples e cheio de sabor, como um bom prato deve ser. Eu vivi por alguns anos na Itália e lá formei meu paladar de verdade: comida boa não não mascara e sim revela o sabor de cada ingrediente.

A nossa sugestão mesmo é fazer o que ainda não fizemos: ir lá e pedir o menu degustação e se deixar surpreender. Tenho certeza que não vamos nos arrepender.

Enoteca Saint Vinsaint

Rua Professor Atílio Innocenti, 811
Horários:
a partir das 19hs, de Segunda à Sábado, para o jantar.
das 12hs às 15hs, de Segunda à Sexta, para o almoço.
das 15hs às 19hs, para um pós-almoço, happy hour ou venda de vinhos.