Moda & Beleza

Blimo: O Netflix de Roupas

Economia colaborativa chega ao mundo da moda
Letícia Genesini
12 de janeiro de 2017

Quem acha que moda e sustentabilidade não combinam precisa ligar as anteninhas. Claro que o conceito de moda é a priori algo passageiro, e em constante mudança, e isso requer que o guarda-roupa de fashionistas sigam estes compassos, certo? Nem tanto. As novas tecnologias e novos modelos de negócio estão pensando uma moda aos moldes do mundo que queremos construir, como acontece com o Blimo, o auto-entitulado Netflix de roupa.

Ele funciona através da lógica da economia compartilhada — para que ter um guarda-roupa só seu cheio de peças que você usou apenas umas vez? Ao invés disso, você faz uma assinatura e pode usufruir do guarda-roupa deles. Os planos variam de R$110 a R$190/mês, modulando quantas peças você pode levar para casa por mês, e há inclusive um plano cegonha exclusivo para gestantes — afinal, porque comprar roupas de maternidade que você logo logo não terá mais uso?

Além da ideia criativa, o espaço físico deles é muito bem localizado — em cima da PAO, Padaria Artesanal Orgânica, da Mourato Coelho. Ótimo lugar para um closet, fora de casa, não?

Blimo
R Mourato Coelho,1039
blimo@blimonline.com.br